Espaços de trabalho compartilhados, que instigam a criatividade e privilegiam o contato direto entre todos os colaboradores

O Mercado Livre, maior empresa de tecnologia para e-commerce da América Latina, abriu as portas de sua nova sede no Brasil em 30 de agosto, mês em que comemora 17 anos. Com projeto inspirado nos campi do Vale do Silício, Califórnia (EUA), o complexo, com capacidade para até 2.000 colaboradores, recebeu um investimento de R$ 105 milhões e fica na divisa das cidades de São Paulo e Osasco.



Antes localizada em Alphaville, a empresa precisava ampliar seu espaço para receber o crescente número de colaboradores. O projeto é de autoria do escritório Athié Wohnrath (em parceria com as arquitetas argentinas Paula De Elia e Milagros Irastorza – Estúdio ei), que revitalizou um terreno de 33.000m2 com instalações que somam 17.000m2 de área construída.



Com espaços de trabalho compartilhados, que instigam a criatividade e privilegiam o contato direto entre todos os colaboradores, conta com cafeteria em seu boulevard, 140 salas de reunião, 11 salas de treinamento, auditório com 200 lugares, uma arquibancada para eventos internos, biblioteca e espaços de descanso. Além disso, a empresa montou um restaurante, com capacidade para 450 pessoas, e uma área de esporte e lazer, chamada de Meli Mall, onde há academia, salão de jogos, salão de beleza, atendimento nutricional e massagem. Na área externa, há um jardim com redes e uma quadra poliesportiva. A obra da nova sede durou 365 dias e envolveu mais de 1.500 profissionais e 260 fornecedores.

A sustentabilidade é outro conceito forte do projeto. A nova sede conta com 2.000 painéis fotovoltaicos no telhado, que geram 50% da energia distribuída no complexo. Além disso, a iluminação 100% automatizada – foram instaladas 2.800 lâmpadas LED – reduz em até 75% o consumo de energia. Grandes aberturas e janelas privilegiam a entrada de luz natural no ambiente do escritório. Há quatro tanques de água de reuso para reaproveitamento da água da chuva para irrigação dos jardins e abastecimento das bacias sanitárias. A reciclagem também está em todas as partes, a exemplo do carpete aplicado nos postos de trabalho feito a partir de produtos reciclados, o descarte de resíduos (papel, metal, plástico, pilha e óleo) e uma composteira, responsável pela transformação das sobras de alimentos em adubo orgânico, doado ao projeto social Hortas de Osasco.



“A Melicidade [como o escritório é conhecido] foi projetada com base em três objetivos: encantar talentos, aproximar-se de parceiros e clientes e promover sustentabilidade”, destaca Helisson Lemos, presidente do Mercado Livre no Brasil. “Ficamos muito contentes e satisfeitos com a Athié Wohnrath. Agradecemos o trabalho e o esforço de toda a equipe para a implantação da nossa nova casa no Brasil”, destaca Stelleo Tolda, Vice-presidente Executivo COO.
 



02.02.2017 | enviar por e-mail | imprimir |