A|W & trends

Gestão de Mudanças e COVID 19

Gestão de Mudanças e COVID 19

Por Wanderley Mendes

Devido ao atual momento que vivemos nunca se discutiu tanto os efeitos que um determinado evento pode causar em comunidades, empresas e na sociedade. Aos efeitos reconhecidos, ainda que de forma reativa, o natural é que cada um tome as ações adequadas de forma a minimizar os danos ou em alguns casos buscar otimizar os resultados.

Sob a ótica dos sistemas de gestão baseados nas normas ISO 9001:2015 – Sistemas de Gestão da Qualidade, ISO 14001:2015: Sistemas de Gestão Ambiental e ISO 45001:2018 – Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho, estes eventos que afetam de alguma forma os processos, contextos, objetivos e resultados definidos pela organização, são chamados de mudanças.

Especificamente sobre a gestão de mudanças relacionada ISO 45001:2018 – Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho, é previsto que a organização deve estabelecer processos para a implementação e o controle de mudanças temporárias e permanentes planejadas que afetam o desempenho de segurança e saúde no trabalho  ou rever as consequências de mudanças não intencionais, tomando medidas para mitigar quaisquer efeitos adversos.

Desta forma, avaliações relativas ao local de trabalho e seu entorno, organização do trabalho e das condições de trabalho, equipamentos, mudanças nos requisitos legais e outros requisitos, mudanças no conhecimento ou nas informações sobre perigos e riscos de segurança e saúde no trabalho, desenvolvimentos em conhecimento e tecnologia e o óbvios cuidados relacionados as pessoas, tornaram-se imediatamente necessárias para a manutenção das atividades ou em alguns casos para a retomada destas.

Ações como a adoção de sistemas de higienização de pessoas e ambientes, uso de equipamentos de proteção adequados, distanciamento social, medição de temperatura dos trabalhadores, cuidados com a alimentação, companhas educativas e de comunicação, aplicação de questionários e até mesmo as ações necessárias quando da identificação e cuidado de pessoas contaminadas e realização de testes para detecção de contaminação por COVID 19, passaram a fazer parte de nossas rotinas e dentro dos espectro de gestão de segurança e saúde no trabalhos, nasceram dentro do contexto primário da gestão de mudanças.

A partir deste ponto entram em operação outros processos que deverão determinar a adequada implementação adequada das ações definidas e a busca pela eficácia destas, mas isso é assunto para outro momento.

O importante é notar que as ações tomadas pela organização não decorrem de movimentos aleatórios, mas sim de avaliações, estudos e processos decorrentes de padrões técnicos reconhecidos, necessários para garantir a atuação responsável e a efetividade dos resultados.

artigos relacionados